A futura Escola Municipal Agrícola, que está em processo de formatação, será a primeira unidade de ensino vinculada à Escola Parnaibana de Administração Pública (Epap), criada e implantada pela administração Mão Santa, em um prédio anexo ao da Prefeitura, para qualificar os servidores municipais em cursos sobre administração pública. A montagem dos cursos, bem como disciplinas, carga horária e quadro de professores, está sendo coordenada pelo secretário imediato do gabinete do prefeito, Valdir Aragão, além do diretor da Epap, Marcos Vinícius e do diretor de Relações Institucionais do Município, Sérgio Inácio, além do professor João Francisco, apontado por Mão Santa para possivelmente assumir a direção da Escola Agrícola.

João Francisco Firme é técnico em agropecuário, pela Escola Agrotécnica Federal de São Luís, Maranhão. Ele já trabalhou na extinta Secretaria de Agricultura da Prefeitura de Parnaíba, atualmente na Secretaria de Meio Ambiente, Abastecimento e Setor Primário. O Distrito de Irrigação dos Tabuleiros Litorâneos do Piauí é um dos setores que mais emprega na região e, de acordo com João Firme, essa mão de obra precisa ser qualificada.

“Nossa meta é profissionalizar essa mão de obra que é altamente requisitada entre os filhos do homem do campo. Temos uma grande demanda no Distrito de Irrigação, sendo um dos setores que mais emprega na nossa região e poucas pessoas tem conhecimento disso. É o setor que dá o maior índice de ICMS e falta mão de obra pra atender toda essa demanda. Temos que profissionalizar os filhos desses agricultores”, analisa Firme.

A escola do Cacimbão, que sediará a unidade agrícola, já está sendo reestruturada para tal, sendo que os cursos terão duração de 1 ano e 3 meses. Serão duas turmas, totalizando 60 alunos, que poderão ingressar nas aulas a partir dos 16 anos. Inicialmente serão disponibilizados os cursos de zootecnia I, II e II (bovinocultura, caprinocultura e avinocultura) e agricultura I, II e II (fruticultura e olericultura).  A unidade agrícola funcionará em parceria com o Senai, Sebrae, Embrapa, Banco do Nordeste, Banco do Brasil, Universidade Federal do Piauí  e Universidade Estadual do Piauí (Uespi).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here